Bebê vítima de espancamento por pais maranhenses morre em Goiânia

Reprodução

Informação do Portal O Imparcial:

Um casal de maranhenses são os principais suspeitos de espancar a filha de 6 meses que estava internada na UTI com 12 fraturas e diversas queimaduras pelo corpo. A criança morreu na manhã desta terça-feira (10), no Hospital Materno Infantil (HMI), em Goiânia.

Os pais possuem parentesco em Codó, onde a avó materna já cria outro filho deles. Atualmente ambos se encontram presos.

Leia mais:

Segundo a Polícia Técnico-Científica (PTC), laudos apontam que a filha sofria maus-tratos frequentemente e não era alimentada de forma correta, apresentando desnutrição.

A criança deu entrada em uma unidade hospitalar de Trindade na última quarta-feira (5), com um estado de saúde grave. Ela não resistiu aos ferimentos, apesar dos esforços da equipe médica.

Segundo Luiz Marcos, presidente do Conselho Tutelar da cidade de Trindade, o corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e aguarda a chegada da avó para liberar o velório e o enterro.

A família ainda está juntando dinheiro para arcar com a viagem a senhora e pagar todos os outros custos que serão necessários.

Relembre o caso

Um bebê de 6 meses foi internado no Hospital Materno Infantil (HMI) de Goiânia com suspeita de agressão. A criança apresentava 12 fraturas, diversas queimaduras pelo corpo e edema cerebral. Os pais foram presos em flagrante na última sexta-feira (6). A mãe da criança, de 18 anos, é natural de Codó, no Maranhão.

De acordo com informações policiais, na última quarta-feira (4), o homem teria ingerido bebida alcoólica, e agrediu a criança que começou a chorar enquanto era amamentada. Ele teria batido a cabeça do bebê contra a cama.

A mãe levou a filha a um posto de saúde na cidade Trindade, município de Goiânia na quinta-feira (5). A criança foi encaminhada ao HMI, onde a médica suspeitou que a mesma havia sido vítima de maus-tratos e chamou a polícia.

 

Ler anterior

Maranhense suspeito de dopar e estuprar as duas filhas é preso no interior de Goiás

Leia o próximo

Amira Pinheiro: maranhense que é destaque no mundo da moda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *