Maranhenses criam respirador mecânico de baixo custo para atender pacientes com Covid-19

Maranhenses criam respirador mecânico de baixo custo para atender pacientes com Covid-19 — Foto: Reprodução

Eles são a única esperança para a grande parte dos pacientes gravemente afetados pelo novo coronavírus. No entanto, nem os países mais ricos estão totalmente equipados com a quantidade de respiradores que o combate à pandemia tem demandado. Assim como soluções caseiras surgiram como alternativas para as máscaras cirúrgicas, soluções de baixo custo tem surgido para a falta de respiradores nos hospitais.

Dessa vez, um grupo de maranhenses de Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão, criou um ventilador mecânico que pode auxiliar pacientes com dificuldades de respirar. Segundo Marcos Vasconcelos, desenvolvedor desse ventilador, o equipamento sai por R$ 5 mil — bem mais barato que os R$ 70 mil que o Brasil gasta por cada respirador importado da China.

A equipe de imperatrizenses que projetou o ventilador foi composta por médicos intensivistas, anestesistas, otorrinolaringologistas, fisioterapeutas, cardiologistas e técnicos em manutenção de ventiladores mecânicos, que auxiliaram com informações sobre parâmetros técnicos, limites de controle, pontos de atenção e da prática clinica na utilização do aparelho.

O projeto foi coordenado pelo empresário Marcos Vasconcelos, e já passou por testes de laboratório e em ambiente hospitalar com o uso de pulmão artificial. Segundo o empresário, o projeto atendeu todas as recomendações e exigências médicas para funcionar.

*informação do Lucas Vieira

Ler anterior

Ouça ‘Tempo’, música cover do cantor vitoriense Marcos Geovane

Leia o próximo

Prefeitura maranhense oferece 155 vagas em concurso; salários de até R$ 4,5 mil

One Comment

  • Parabéns, meus irmãos!!!! Que JESUS os oriente para que esse aparelho, a todo momento, seja mais aperfeiçoado. Mostrem ao Brasil esse feito. Aqui somente pensam em gastar mais para sobrar alguma coisa. Boa sorte!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *