Casos ativos de covid-19 diminuem 41% em 1 mês no Maranhão

Foto: REUTERS/Wolfgang Rattay/Direitos Reservados

Segundo o boletim divulgado nesta quarta-feira (22), pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), o Maranhão tem 109.731 casos confirmados. Desses, 12.455 estão ativos – 11.851 em isolamento social, 350 em internação clinica e 254 em leitos de UTI. Há um mês, o estado registrava 21.153 ativos, os números atuais apontam mais de 41% na diminuição desses casos.

O estado já registra 94.466 pessoas recuperadas da doença. Mais de 238 mil testes foram realizados, 126.371 casos foram descartados e hoje (22), o número de casos suspeitos é 5.606.

De acordo com o boletim, o estado contabilizou 1.577 novos casos confirmados nas últimas 24h. Desse número, o interior do estado é onde está a maioria dos novos casos, registrando 1.473, seguido pela Ilha de São Luís com 103 novos casos e Imperatriz com 1. O boletim também informa, que o Maranhão tem 2.810 mortes por coronavírus, sendo 32 registradas nas últimas 24h.

De acordo com a SES, o estado tem 425 leitos de UTI e 1.081 leitos clínicos. Desse total, 217 dos leitos de UTI estão ocupados e 294 dos clínicos também.

Também de acordo com o boletim, os 32 novos óbitos notificados, aconteceram nas seguintes cidades: São José de Ribamar (1), Presidente Dutra (1), São João Batista (1), Viana (1), Itapecuru-Mirim (1), Pirapemas (1), Turiaçu (1), Vitorino Freire (1), Olho D’água das Cunhãs (1), Monção (1), Loreto (1), Colinas (1), Balsas (1), Tutóia (1), Vitória do Mearim (1), São Domingos do Maranhão (1), Coelho Neto (2), Bacabal (2), Chapadinha (2), Pedreiras (2), Imperatriz (2), São Luiz Gonzaga (3) e São Luís (3).

Publicidade

 

Dos novos óbitos registrados no estado, quatro aconteceram nas últimas 24h, nas cidades de Colinas, Balsas, Pedreira e Tutóia. Os demais são de dias e/ou semanas anteriores, e aguardavam o resultado do exame laboratorial para Covid-19.

 

Informações: Bruna Monteiro Tavares / O Imparcial 

 

 

Ler anterior

Comunidade Terapêutica de Vitória do Mearim passa por dificuldades, está sem prédio, e realiza live solidária a fim de arrecadar fundos

Leia o próximo

Pedófilo é preso no Maranhão após fazer mais de 60 vítimas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *